Colégio Web

Rei Luís II da Bavária, O Germânico

Publicidade

Monarca carolíngio da Bavária (817-843), da Saxônia e da Germânia (843-876), as três regiões do Reino francês Oriental, tornando-se, assim, o primeiro soberano da Alemanha. Filho de Luís I o Piedoso e da princesa Irmengard (ou Hildegarda), e neto de Carlos Magno. Luís I o Piedoso, filho de Carlos Magno, dividiu o império carolíngio (817) entre os e os três filhos herdeiros, a saber, Lotário I como co-imperador com o pai e recebeu o título imperial da Itália, Pepino foi feito o rei de Aquitânia, e a Luís o Germânico coube o Reino Franco Oriental, a Baviera (ou Bavária), no território de origem da Alemanha atual.

Com um novo casamento, com Judite, teve outro filho (823), Carlos o Calvo. O pai tentou então colocá-lo como sucessor, mas os três irmãos não aceitaram. Depois de anos de conflitos dentro da família, Pepino morreu (838) e o pai Luís I (840), e os três irmãos sobreviventes começaram uma guerra civil para a divisão do Império. Aliado com Carlos tomaram (841) a Baviera do irmão Lotário que contava com o apoio de Pepino II, substituto de Pepino, derrotado em Fontenay, na França. Aliados formalmente, juntos sufocaram uma revolta saxônia (842) e uma revolta na Aquitânia.

Após o juramento de Estrasburgo (842), assinou o Tratado de Verdun (843) com os outros dois irmãos pelo qual Carlos assumiria o Reino franco Ocidental, a atual França, e com a Aquitânia, Lotário regeria o Reino franco Mediano, compreendendo a Itália, Provence e Lorraine, e ele reinaria no Reino franco Oriental, hoje a Alemanha e por isso alcunhado de o Germânico. Continuou, em seu reinado, a expansão cristã e germânica para o sudeste, chegando a Boêmia, a Morávia e às margens do Danúbio.

Lutou contra os eslavos do norte e os dinamarqueses, com operações confiadas ao Conde Liudolf, predecessor da futura Casa da Saxônia. Sentindo fraqueza de Carlos perante os nobres, invadiu o Reino franco Ocidental (858) e chamou um sínodo de bispos, esperando o apoio do clero. Porém Hincmar, Arcebispo de Reims, permaneceu leal a Carlos e reuniu a Igreja contra o invasor. Expulso da França (860), fez a paz com Lotário II de Lotaríngia, seu sobrinho, que desejava se divorciar da esposa sem filhos dele e se casar com Waldrada, ação com a qual o papa Nicolau I era contra e contava com o apoio de Carlos.

Lotário ganhou a briga e casou novamente (862). Lotário, o irmão, morreu (863), e o reino foi dividido entre os dois irmãos sobreviventes e a paz reinou entre ambos até sua morte em Frankfurt amr Main. Em seguida o reino do Leste foi dividido entre seus três filhos, Luís, o Jovem, Carlomano e Carlos, o Gordo.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados