Colégio Web

Regiomontanus

Publicidade

Matemático e astrônomo alemão, natural de Königsberg (= montanha do rei, em latim Regiomontanus) que, além de estabelecer o estudo da álgebra e da geometria na Alemanha, reativou o estudo da astronomia na Renascença. Estudou nas universidades de Leipzig e Viena onde se aprofundou em matemática e astronomia. 

Em Roma estudou grego e filosofia e passou a traduzir livros científicos da antiguidade. De volta à Alemanha criou uma empresa de impressão e um observatório em Nuremberg, a fim de estimular a ciência e a literatura. Voltando à Roma a convite do papa Sixto IV, morreu repentinamente, aparentemente morto por envenenamento, visto que era um crítico veemente de determinadas correntes do pensamento eclesiástico. 

Eminente matemático, talvez o mais influente do século XV, começou a publicar De triangulis omnimodis (1464), um notável tratado sobre trigonometria que marcou o renascimento deste ramo da matemática na Europa, que só seria impresso definitivamente na década seguinte (1533). Em Tabulae directionum (1490), deu ênfase a função tangente, assunto tratado com deficiência na obra anterior. Em Epítome do Almagesto deu ênfase as partes matemáticas da memorável obra de Ptolomeu.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados