Colégio Web

Quinto Septímio

Publicidade

Teólogo cristão romano e patrístico do período pré-nissênico nascido em Cartago, na África latina, a época um dos principais centros culturais do Império Romano, caracterizado como polemista e moralista, de grande produção cujos escritos foram fundamentais para fixar o léxico e a doutrina do cristianismo ocidental.

Dedicado ao estudo das leis, recebeu esmerada educação e, aos vinte anos, seguiu para Roma, onde ampliou sua formação e se converteu ao cristianismo. Dedicando-se ao estudo das Escrituras, da literatura cristã e profana, e dos tratados gnósticos, voltou à Cartago (196) e iniciou uma produtiva atividade literária voltada para a consolidação da igreja no norte da África, tornando-se o primeiro escritor cristão de sucesso escrevendo em latim. Seus textos e peças teatrais dirigiam-se contra os pagãos, idólatras, judeus e heréticos.

Seus 31 tratados preservados são textos fundamentais para a compreensão dos primeiros séculos do cristianismo, entre eles Apologeticum (Apologético), De anima (Sobre a alma), De exhortatione castitatis (Sobre a exortação à castidade) e De spectaculis (Sobre os espetáculos), Adversus Marcionem (Contra Márcion), Adversus valentinianos (Contra os valentinianos), Adversus Hermogenem (Contra Hermógenes) e De praescriptione haereticorum (Sobre a readmissão dos heréticos).

No final da vida abandonou o cristianismo (210) e uniu-se à uma seita montanista ascetista e, posteriormente, criou seu próprio movimento religioso, o tertulianismo, que permaneceu independente até o século V, e morreu em Cartago.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados