Colégio Web

Madre Teresa de Calcutá

Publicidade

Madre indiana nascida em Skopje, na Macedônia, cuja dedicação em vida aos pobres da Índia lhe valeu um Prêmio Nobel da Paz (1979). Filha de merceeiro albanês, ingressou na Ordem de Nossa Senhora de Loreto e foi para a Irlanda (1928) para estudar no Instituto da Bendita Virgem Maria, mas logo embarcou para a Índia onde estudou enfermagem, mudou-se para as favelas e começou a trabalhar com os pobres de Calcutá. Dizia que recebeu um chamado divino (1946) para se dedicar aos pobres e viver entre eles.

Adotou a cidadania indiana e foi-lhe cedido um albergue de peregrinos, perto do templo de Kali, onde ela fundou a Ordem das Missionárias da Caridade (1948) e passou a dar assistência aos necessitados. Com a colaboração de voluntários organizou dispensários e escolas ao ar livre e fundou inúmeros centros para cegos, idosos, leprosos, aleijados e moribundos. Sua ordem (1950) recebeu sanção canônica do papa Pio XII. O papa Paulo VI presenteou-a com a limusine por ele utilizada em sua visita à Índia (1964) e ela rifou o carro, para ajudar a financiar uma colônia de leprosos. Em reconhecimento a seu apostolado, o governo indiano concedeu-lhe (1963) a medalha Senhor do Lótus. Sua ordem, já presente em vários países, tornou-se subordinada somente ao papa (1965). 

Pelo trabalho da ordem foi indicada para o Nobel da Paz (1975), mas só ganhou o prêmio quatro anos depois. Paulo VI concedeu a madre Teresa o primeiro Prêmio João XXIII da Paz (1971). Sua saúde começou a decair, após um ataque cardíaco (1983). Já debilitada solicitou ao papa João Paulo II seu afastamento da liderança da congregação (1990). Em agosto deste ano ficou internada em razão de problemas cardiorrespiratórios e morreu em 5/9, de ataque cardíaco, em Calcutá, Índia. Foi beatificada em 19 outubro (2003) pelo papa João Paulo II. Como fundadora das Missionárias da Caridade, foi testemunho vivo de amor a Jesus Cristo por sua entrega total a serviço dos mais pobres entre os pobres. Seu exemplo haverá de ter sido um guia para a consciência da humanidade.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados