Colégio Web

Laerte Morrone

Publicidade

Ator brasileiro nascido em São Paulo, que ao longo de mais de 50 anos de carreira, ele atuou em teatro e em televisão. De ascendência italiana, filho da pianista Ignez e do premiado escultor Luiz Morrone, apesar da resistência do pai, que não desejava ver seu filho seguindo a difícil carreira artística, começou cedo a fazer teatro amador.

Tentou entrar para a Escola de Arte Dramática, a EAD, mas foi reprovado em português e partiu para a Europa onde ficou por quatro anos. De volta ao Brasil ganhou elogios da crítica por seu talento cômico nas peças El Grande de Coca-Cola e Orquestra de Senhoritas. Depois consagrou-se no teatro, protagonizando uma bem-sucedida montagem de Volpone, peça de Ben Jonson, autor inglês contemporâneo de Shakespeare, sob direção de Antonio Abujamra.

Depois vieram outros sucessos como na peça O Bebê Furioso (1981), do espanhol Manuel Martinez Mediero, sob direção de Hugo Barreto, contracenando com a atriz Irene Stefânia, onde considerava como sua primeira oportunidade, no teatro, de unir os aspectos dramático e cômico. A partir dos anos 70 iniciou seus trabalhos televisivos, onde também viveu grandes sucessos como na novela global O Gato Comeu (1985).

Além de outras novelas, na TV foi ainda o criador do primeiro Garibaldo, de Vila Sésamo, sob direção de Ademar Guerra. Atuando na Secretaria Estadual do Menor, chegou a criar espetáculos com 1,3 mil crianças carentes, como A Independência do Menor, apresentado no Museu do Ipiranga. Sob direção de Elvira Gentil, fez seu último trabalho nos palcos paulistanos, a peça O Montador (1994). Morreu aos 72 anos, no Hospital São Paulo, de complicações pulmonares, após uma cirurgia de vesícula e foi enterrado no Cemitério do Araçá.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados