Colégio Web

Kurt Alder

Publicidade

Professor e químico orgânico alemão nascido em Chorzow, Silesia Superior, hoje Königshütte, Polônia, professor da Universidade de Colônia, Colônia, Alemanha, que, juntamente com o também germânico Otto Diels, da Universidade de Kiel, ganhou o Prêmio Nobel de Química (1950), com a síntese de Diels-Alder, empregada nas indústrias de borracha sintética, de plásticos e de corantes.

Sua infância e anos de escola foram vividos em ambientes industriais, mas depois da Primeira Guerra Mundial, foi forçado deixar sua casa devido a circunstâncias políticas. Ele começou a estudar química na Universidade de Berlim (1922), e depois continuou estes estudos em Kiel onde obteve o grau de Ph.D. (1926) com uma tese orientada por O. Diels, intitulada Über die Ursachen der Azoester-reaktion. Foi nomeado reader de química para a Faculdade de Filosofia da Universidade de Kiel (1930), promoção a lecturer (1934).

Deixou Kiel (1936) para assumir a chefia do departamento de laboratórios de ciência do Instituto G. Farben-Industrie, em Leverkusen, onde trabalhou na preparação e constituição de borracha sintética. Foi indicado para a cadeira de química experimental e tecnologia das substância químicas da Universidade de Colônia (1940) e diretor principal do Instituto de Química da mesma universidade. Depois recebeu convites das universidades de Berlim (1944) e de Marburg (1950), mas recusou ambos e morreu em Colônia.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados