Colégio Web

Jacob Ludwig Carl e Wilhelm Carl Grimm

Publicidade

Escritores alemãs nascidos em Hanau, criadores de encantadores clássicos da literatura infantil universal como João e Maria, Branca de Neve e os sete anões e Os músicos de Bremen, que fizeram emocionar leitores de todas as idades e épocas. Estudaram direito na Universidade de Marburg, mas notabilizaram-se como pesquisadores e filólogos.

Influenciados pelo romantismo, reuniram cerca de 200 contos e lendas populares que publicaram sob o título de Kinder-und Hausmärchen (1812-1815), o Contos de fadas para crianças, uma obra que alcançou sucesso mundial e foi seguida de um trabalho de características semelhantes, Deutsche Sagen (1816-1818), o Lendas alemãs.

Paralelamente desenvolviam estudos lingüísticos que levaram a elaboração da grandiosa gramática alemã Deutsche Grammatik (1819-1837), na qual enunciou a lei de Grimm, que estabelecia o princípio da regularidade das leis fonéticas. Também descobriram a metafonia, sobre a palatização das vogais, e a apofonia, explicação das estruturas verbais a partir das variações vocálicas, temas fundamentais para o desenvolvimento do alemão moderno.

Nomeados professores e bibliotecários da Universidade de Göttingen (1829), foram demitidos (1837) por terem assinado o protesto dos sete de Göttingen, dirigido contra o rei de Hanôver, por desrespeito deste a constituição. Depois moraram em Kassel (1837-1840) até se mudarem para Berlim, onde permaneceram trabalhando na construção de um dicionário, até suas respectivas mortes.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados