Colégio Web

Jacob Jordaens

Publicidade

Pintor flamengo nascido em Antuérpia, nos países baixos espanhóis, hoje Bélgica, que com suas telas religiosas e alegóricas, e nas cenas de alegres festas camponesas, foi considerado um dos pintores que melhor souberam representar o caráter de seu povo.

Filho de um comerciante de tecidos, iniciou-se na pintura quando passou a estudar (1607) com o pintor Adam van Noort, mestre também de Peter Paul Rubens, até que foi admitido na corporação dos pintores (1615). Casou-se (1616) com a filha de seu professor e morando em Antuérpia até sua morte nesta cidade, iniciou-se no seu próprio estúdio criando desenhos para tapetes e pinturas, como em Alegoria da fertilidade (1625), onde demonstrava sua habilidade como decorador.

Amigo de Rubens e admirador de Caravaggio, empregou muitos alunos em seu estúdio, e tinha o costume de realizar banquetes e festejos em sua casa que lhe serviam de inspiração para algumas de suas obras. Também se destacou na pintura de cenas religiosas e, embora convertido ao calvinismo (1648), continuou pintando para igrejas católicas. Participou na decoração da Huis ten Bosch ( (1652)), casa de campo real perto de Haia, com pinturas que representavam o Triunfo de Frederico Henrique e Vitória do tempo, obras-primas de decoração arquitetônica.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados