Colégio Web

Franz Joseph Gall

Publicidade

Anatomista e fisiologista germânico nascido em Tiefenbronn, Baden, próximo a Pforzheim, Alemanha, pioneiro da descrição das funções cerebrais e fundador da frenologia. Estudou medicina em Viena, Áustria, onde se tornou um renomado neuroanatomista e fisiologista e, também, um pioneiro do estudo da localização das funções mentais no cérebro. Desenvolveu a cranioscopia (1800), um método de exame do crânio para fins diagnósticos de personalidade e desenvolvimento mental com base na forma externa da caixa craniana.

Depois o método foi renomeado por seus seguidores como frenologia, do grego phrenos=mente e logos=estudo. Infelizmente seus conceitos revolucionários sobre o cérebro desagradaram os líderes religiosos e outros cientistas do ramo. Como tinham uma visão divina da mente humana, não devendo, pois, ser tratada como um simples assunto anatômico, a Igreja considerou suas teorias contrárias à religião, e sua frenologia um tipo de fraude com finalidades financeiras.

Assim ele foi forçado a deixar o país (1805), deixando a Universidade de Viena, e se exilar na França, sob Napoleão Bonaparte, o imperador governante, e onde o Instituto de França, para seu infortúnio, considerou inválidas suas teorias do ponto de vista científico. embora permitisse que ele praticasse sua medicina. Depois suas teorias tornaram-se bastante populares, inclusive em toda Grã-Bretanha e Estados Unidos, especialmente nas décadas seguintes (1820-1850) e morreu em Paris, França, levando uma vida razoavelmente confortável.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados