Colégio Web

Frank Schlesinger

Publicidade

Astrônomo estadunidense nascido em New York City, que se notabilizou pela determinação de inúmeras paralaxes ou distâncias estelares e pelo desenvolvimento de um método fotográfico para determinação destas distâncias. Estudou no College of the City of New York e na Columbia University e trabalhou no International Latitude Observatory, em Ukiah, California (1899-1903) e então foi nomeado astrônomo do Yerkes Observatory, Williams Bay, Wisconsin, onde iniciou o desenvolvimento do seu famoso método fotográfico para determinação de paralaxes e se tornou pioneiro no emprego da fotografia para montar mapas estelares.

Dirigiu o Allegheny Observatory, University of Pittsburgh (1905-1920) e também foi diretor do Yale University Observatory (1920-1941), onde publicou o General Catalogue of Parallaxes (1935) com as paralaxes de 7534 estrelas. O astrônomo norte-americano abriu caminho para o emprego da fotografia para traçar posições estelares e medir paralaxe estelar que poderia dar determinações mais precisas de distância que a visual. Ele publicou dez volumes de catálogos de zona e incluiu cerca de uma centena e meia de milhares de estrelas.

Ele compilou posições, magnitudes, movimentos formais, velocidades radiais, e outros dados para produzir a primeira edição e, com a astrônoma também estadunidense Louise Freeland Jenkins (1888-1970), o segundo, Yale Bright Star Catalogue extensamente usado pela instituição Yale em astrometria. Ele estabeleceu um segundo observatório de Yale, na África do Sul e morreu em Lyme, Connecticut, U.S.A. Gold Medal da Royal Astronomical Society (1927) e Bruce Medalist (1929), também teve um papel proeminente na criação da International Astronomical Union (1919) e serviu nessa organização como o vice-presidente (1925-1932) e presidente (1932-1935).

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados