Colégio Web

Francesco Guardi

Publicidade

Pintor italiano nascido em Veneza, que se dedicou ao gênero das vedute, pintura detalhada de paisagens urbanas, considerado um dos maiores pintores venezianos do século XVIII e indiscutivelmente o mais notável de uma dinastia de artistas. 

Membro de uma família de pintores, seu pai, Domenico Guardi (1678-1716), originário de Trento, fez a sua aprendizagem em Viena, para onde se transferiu (1690) e estabeleceu-se posteriormente em Veneza, no início do século XVIII. Com a morte do pai, o irmão Gian Antonio Guardi (1698-1760) passou a dirigir o ateliê da família, onde ele começou, especialmente pintando cenas bíblicas para a igrejas.

Discípulo de Giovanni Antonio Canal, o Canaletto (1697-1768), posteriormente passou a trabalhar no ateliê do arquiteto Michele Marieschi, onde passou a se interessar pela pintura detalhada de paisagens urbanas, associando figuras com as paisagens arquitetônicas sob efeitos luminosos, gênero que ficou conhecido como vistas urbanas, e entre as mais notáveis foram a igreja de Santa Maria della Salute e San Giorgio Maggiore (1745-1760).

Assumiu (1760) o ateliê da família, depois da morte de seu irmão Gianantonio (1698-1760), e dedica-se, finalmente, à realização de vedute, gênero considerado pelos seus contemporâneos de importância menor, mas cuja aceitação entre a clientela estrangeira veio a contribuir para a sua consagração, passando a produzir sob encomenda. Foi eleito membro da Academia Veneziana (1784), fundada por seu irmão Gianantonio (1756) e então presidida por seu sobrinho Giandomenico Tiepolo, e morreu em sua cidade natal.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados