Colégio Web

Fídias

Publicidade

O mais famoso escultor grego que viveu em Atenas, que, embora a maior parte de suas obras tenha desaparecido, o que ficou é suficiente para classificá-lo como o maior escultor grego do período clássico, com uma obra escultórica trazia além da majestade das figuras, a graça e a elegância das roupagens e a impressão de movimento. Entre suas obras a mais famosa foi a Estátua de Zeus (447 a. C.), figura central do Templo de Olímpia, esculpida em marfim e ébano, com cerca de 18 metros de altura e destruída por um incêndio (415).

Foi escolhido por Péricles para dirigir a decoração do Pártenon, templo construído na Acrópole ateniense (447-438), fez mais três esculturas da deusa Atena: a Atena Prômacos, bronze monumental, a Atena Lêmnia, ou pacificadora e a colossal Atena Pártenos (438), ou triunfante. Todas são conhecidas apenas por descrições de autores antigos. Sabe-se que a Atena Pártenos, de ouro e marfim, media cerca de 12m de altura. Ataviada com imponente capacete e túnica simples, a deusa se erguia majestosa, com uma lança na mão esquerda e a figura de uma Vitória alada na direita. Acusado de ter-se apropriado de parte do ouro destinado à confecção da Atena Pártenos, foi preso e, segundo alguns, morreu na prisão, e em outras versões, o escultor conseguiu escapar e refugiar-se em Olímpia.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados