Colégio Web

Fernand Braudel

Publicidade

Historiador francês nascido em Luméville-en-Ornois, um dos mais importantes representantes da Escola dos Annales e conhecido pela introdução de renovações nos métodos historiográficos tradicionais. Formado em História na Faculté des Lettres de Paris, da Universidade de Sorbonne, ensinou em uma escola na Argélia (1923-1932), enquanto trabalhava na elaboração de sua tese sobre Filipe II de Espanha e o Mediterrâneo. Integrou um grupo de intelectuais franceses (1933-1935) que colaborou na organização da Universidade de São Paulo e foi seu professor (1935-1937). Deixou o Brasil ao ser nomeado para a seção de ciências da École Pratique des Hautes Études, em Paris.

Passou quase toda a Segunda Guerra Mundial preso em campo de concentração em Lübeck, onde conclui a redação de sua tese, apresentada (1947) e publicada dois anos depois. Tornou-se professor do Collège de France (1949) paralelamente diretor do Centre de Recherches Historiques da École des Hautes Études, uma organização não governamental ligada à pesquisa e desenvolvimento das Ciências Humanas.. Como Administrador da Maison des Sciences de l’Homme, dirigiu ainda a revista Annales, Economies, Sociétés, Civilisations. Seu principal livro sob novos enfoques de concepções históricas foi La Méditerranée et le monde méditerranéen à l’époque de Philippe II (1966) e morreu em Cluses.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados