Colégio Web

Félix Savart

Publicidade

Médico e físico francês nascido em Mézières, conhecido pelo seu trabalho em conjunto com Jean Biot, que resultou na criação da lei de Biot e Savart. Formado em medicina no Colegio de Francia (1828), em Paris, começou com uma carreira de médico, mas rapidamente se virou para a experimentação. Tornou-se professor de física (1836) no Colegio de Francia. No eletromagnetismo, juntamente com Jean Baptiste Biot, formulou (1820) a famosa lei de Biot e Savart: H = a.i / d, sobre a intensidade de um campo magnético de indução criado por uma corrente (H – intensidade, a – constante, i – corrente e d – distância), ou seja, a lei que descreve a origem do campo indução magnética estático.

Apesar de este ser o seu feito mais famoso, a maior parte do seu trabalho incidiu na acústica. Estudou ainda a acústica do ar, da voz humana, do canto das aves, de sólidos em vibração e das ondas sonoras em líquidos em movimento. Inventou o ressonador de Savart para medição de vibrações sonoras e o quartzo de Savart para estudar a polarização da luz. Produziu também neste área uma primeira explicação para o funcionamento do violino, fazendo uso do seu ressonador. Morreu em Paris e em sua honra foi criada na física, uma unidade de intervalo logarítmico de freqüência com a denominação de Savart de freqüência. Uma oitava é aproximadamente 301 Savart.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados