Colégio Web

Felix Bloch

Publicidade

Físico suíço naturalizado americano nascido em Zurique, que dividiu o Prêmio Nobel de Física (1952) com Edward Mills Purcell, da Harvard University, Cambridge, MA, pelo desenvolvimento de técnicas de medição de campos magnéticos nucleares. Foi presidente da American Physical Society (1965). Com Edward Mills Purcell, físico americano, executou os primeiros experimentos de ressonância magnética nuclear (NMR ou MRI) em amostras líquidas (1939). Trabalhou no departamento de física da Stanford University (1934-1971) e na Harvard University (1942-1945).

Com Edward Purcell, demonstrou (1946) que ao submeter determinados núcleos à ação de um campo magnético intenso, estes podem absorver energia de radiofrequência e gerar por sua vez um sinal de radiofrequência capaz de ser captado por uma antena receptora, o que se denominou fenômeno de ressonância magnética nuclear, a RMN. Por esta descoberta os autores receberam conjuntamente um Nobel da Física, seis anos depois. O American College of Radiology passou a considerar a tomografía por RMN como técnica standard no campo do diagnóstico médico (1983). Posteriormente mudou-se para Imagem por Ressonância Magnética, a IRM, caindo em desuso o termo Nuclear. As IRM são imagens tomográficas que representam cortes anatômicos imaginários do paciente. Professor emérito de física da Universidade de Stanford, morreu em sua cidade natal.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados