Colégio Web

Edward Charles Pickering

Publicidade

Astrônomo e físico estadunidense nascido em Boston, Massachusetts, que introduziu o uso do fotômetro meridiano para medir a magnitude de estrelas e notabilizado por seus trabalhos em luz e espectro estelar. Bisneto do político e líder revolucionário Timothy (1745-1829) e irmão do também astrônomo William Henry Pickering (1858-1938), graduou-se com um B.S. (1865) em Harvard; e tornou-se professor de física durante dez anos no Massachusetts Institute de Tecnologia, Cambridge (1867), onde construiu o primeiro laboratório norte-americano de fotometria. Aos 30 anos de idade passou a dirigir o Harvard College Observatory, cargo que ficou por 42 anos. Suas observações tiveram ajuda de um staff feminino, inclusive da astrônoma estadunidense Annie Jump Cannon (1863-1941).

Ele introduziu o uso do fotômetro meridiano para medir a magnitude de estrelas, e estabelecido o primeiro grande catálogo de fotometria, o Harvard Photometry (1884). Com a astrônoma de ascendência portuguesa e neta de John William Draper (1811-1882), primeiro presidente da Sociedade Americana de Química, e também astrônomo, Antonia Caetana de Paiva Pereira Maury (1886-1952), sua assistente, descobriu as binárias espectroscópicas (1889), com a estrela Mizar A, apresentando linhas duplas que variavam com um período de 104 dias. Montou a estação de Arequipa, Peru (1891) para fazer as fotografias meridionais, ele publicou o primeiro mapa fotográfico de todo o céu (1903). Morreu em Cambridge, Massachusetts, U.S.A. Editou 70 volumes do Annals of Harvard Observatory (1855–1919), e escreveu Elements of Physical Manipulations, em dois volumes (1873 / 1976).

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados