Colégio Web

Edward Burnett Tylor, Sir

Publicidade

Antropólogo inglês nascido em Londres, responsável pela criação e sistematização da antropologia cultural na Universidade de Oxford. Filho do próspero comerciante quacre, Joseph Tylor, e de sua esposa Harriet Skipper, ambos membros da Society of Friends, seguiu no passos do irmão mais velho, Alfred, freqüentando uma escola em Tottenham, mas aos 16 anos, ambos saíram de escola em virtude de sua crença e por isso passaram a se dedicar aos negócios da família. Com problemas de saúde (1855), foi forçado a viajar e durante os anos seguintes percorreu Cuba e México em companhia do etnólogo Henry Christy.

Casou-se (1858) com Anna Fox, filha de Sylvanus Fox, de Wellington, Somerset, e viveram casados durante quase sessenta anos. Após voltar para a Inglaterra, o pesquisador dedicou-se a ampliar sua formação acadêmica e a publicar livros, cujos textos e pesquisas assentaram as bases modernas dessa disciplina. Tornou-se (1883) chefe do University Museum, em Oxford, onde também foi Professor de Antropologia da universidade (1896-1909) e estruturou o curso de graduação em Antropologia, estrutura esta que serviu como uma modelo para outras universidades.

Foi sagrado cavaleiro (1912) e morreu em Wellington, Somerset, Reino Unido, aos 84 anos. Suas mais notáveis publicações foram Anahuac ou Mexico and the Mexicans, Ancient and Modern (1861), Researches into the Early History of Mankind and the Development of Civilization (1865), Primitive Culture (1871) e Anthropology, an Introduction to the Study of Man and Civilization (1881).

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados