Colégio Web

Edmond Burke

Publicidade

Político teórico e conservador irlandês nascido em Dublin, Irlanda, considerado um dos maiores oradores da história de seu país. Ingressou (1765) na Câmara dos Comuns e, com o tempo, muito influenciou a vida pública de sua época. Na área da política colonial, reivindicou para a América uma legislação mais branda. Na política interna também foi figura relevante. Lutou pela limitação dos poderes reais e introduziu novos conceitos de partido e de parlamentar, vendo-o como representante dos interesses da comunidade e não um simples delegado de seus desejos particulares. Sua principal atuação como teórico político foi a crítica que formulou à ideologia da revolução francesa, em Reflexões sobre a revolução na França.

Orientou de maneira decisiva a opinião pública inglesa contra a nova ordem política da França. Faleceu em Beaconsfield, Inglaterra, em 9 de julho (1797). Em vida pregou o conceito de direito natural, que atribuía à vida física e espiritual do homem autonomia dentro da estrutura maior da sociedade, desde que não ferisse sua harmonia geral. Seus maiores sucessos literário-políticos foram Inquérito filosófico (1757) sobre a origem de nossos conceitos do sublime e do belo, e a revista anual, iniciada um ano depois, Registro Anual (1758), uma condensação dos acontecimentos políticos da época. O seu pensamento conservador influenciou José da Silva Lisboa, o visconde de Cairu, figura marcante da política brasileira no início do século XIX, que publicou uma tradução de seus escritos intitulada Extratos das obras políticas e econômicas de Edmond Burke (1812).

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados