Colégio Web

Denis Papin

Publicidade

Médico e físico e inventor francês nascido em Blois, pioneiro do conceito da transmissão pneumática, inventou máquinas movidas a pressão atmosférica e a vapor, tornando-se um dos pioneiros da navegação a vapor. Foi educado na escola Jesuíta de Blois, entrou para Universidade de Angers (1661) e graduou-se em medicina (1669). Seu interesse por física cresceu quando ajudou Huygens a experimentar uma bomba de ar (1671-1674) durante o período que ele morou nos apartamentos de Huygens, na Biblioteca Real, em Paris. Por razões religiosas foi para Londres (1675) para trabalhar com Boyle e lá permaneceu por quatro anos, até que se tornou o assistente de Hooke na Royal Society (1679).

Foi eleido Fellow da Royal Society (1680) e seguiu para Itália onde foi diretor de experiências ao Accademia Publicca di Scienze in Venice (1681-1684). Calvinista, nascido em uma família de Huguenot, só depois do Édito de Nantes que concedeu liberdade religiosa ao Huguenots, voltou para a França, a convite de Louis XIV (1685). Voltou novamente a Londres (1684) trabalhando na Royal Society (1684-1687). Depois foi para Hesse-Kassel como professor de matemática na Universidade de Marburg (1687-1696) e continuou como pesquisador naquela universidade por onze anos mais, até se aposentar (1707). Ele tornou-se mais conhecido como inventor, particularmente pelo seu trabalho com máquinas a vapor. Inventou (1679) um fogão de pressão e o primeiro motor de pistão e que foi utilizado pelo próprio para bombear água para um tanque no telhado do palácio prover água para as fontes.

Era uma máquina tosca que aproveitava mais o movimento do ar que da pressão do vapor. A máquina era constituída de um único cilindro que servia também como caldeira. Se colocava uma pequena quantidade de água na parte inferior do cilindro e se aquecia até que produzir vapor. A pressão do vapor empurrava um pistão acoplado ao cilindro, enquanto eliminava a fonte de calor da parte inferior. A medida que o cilindro se esfriava, o vapor se condensava e a pressão do ar na parte externa ao pistão exterior o empurrava novamente para baixo. Publicou, em Paris, seu primeiro trabalho sobre máquinas a vapor: De novis quibusdam machinis (1690). Nessa publicação apresentou o mecanismo de funcionamento de sua mais famosa e popular invenção: a bomba centrífuga (1689), uma máquina a vapor destinada elevar água de um canal entre Kassel e Karlshaven.

Quando Leibniz lhe enviou um esboço de uma máquina a vapor, ele começou a trabalhar novamente naquele tópico e escreveu The New Art of Pumping Water by using Steam (1707) e projetou uma válvula de segurança para prevenir que a pressão de vapor atingisse níveis perigosos. Outras invenções nas quais trabalhou foram a construção de um submarino, uma arma de ar e um lançador de granada. Também tentou em Hesse-Kassel experimentar como preservar comida usando substâncias químicas e vácuo. Seus últimos anos de vida foram de obscuridade e pobreza e supõe-se que tenha morrido em Londres, embora não haja nenhum registro sobre sua morte, apenas uma última carta conhecida datada por ele em 23 de janeiro (1712).

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados