Colégio Web

Demétrio I Sotero

Publicidade

Rei da Síria (162-150 a.C.), que reconquistou o trono que lhe fora usurpado (163 a. C) por seu tio Antíoco Epifânio. Filho do rei Seleuco IV Filopator, estudou em Roma (175-162 a. C.) durante o reinado do seu pai e de seu tio e usurpador, Antioco IV Epifânio. Com a morte do pai, voltou a sua terra natal e retomou o trono do tio usurpador. Seu reinado, porém, foi excepcionalmente agitado com constantes guerras contra seus vizinhos. Reprimiu com violência a revolta dos macabeus da Judéia (161 a. C.) e o rei da Capadócia e combateu os medos do sátrapa Timarco.

Foi chamado de Sotere que em grego significava Salvador. Inditosamente foi morto em batalha quando lutava contra o usurpador Alexandre Bala, general rebelde a serviço dos romanos, governador de Smirna, Turquia, e pretenso filho de Antíoco. A Síria teve mais dois reis com esse nome. Um seu filho, Demetrio II Nicator ( ? – 125 a. C.), que assumiu o trono (145 a. C.), tornou-se prisioneiro dos partos cinco anos depois (140 a. C.) e, liberto (129 a. C.), reinou por pouca mais de três anos e morreu em Tiro (125 a. C.). O outro foi Demetrio III Eucairo (? – 88 a. C.), filho de Antioco VIII Gripo, que assumiu o trono (95 a. C.), depois de derrubar Antioco X.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados