Colégio Web

Dazai Osamu

Publicidade

Escritor nipônico nascido em Kanagi, no nordeste de Honshu, Japão, cuja obra foi caracterizada por um inato pessimismo principalmente no que escreveu no pós-guerra. Décimo filho dos onze de um abastado fazendeiro e político, iniciou estudos universitários de literatura, que não chegou a concluir, afetado pelo alcoolismo e seu eterno pessimismo. Ele estudou literatura francesa na Universidade de Tóquio, onde entrou em contato com o Marxismo e começou a escrever.

Chamou a atenção inicialmente com a publicação de histórias curtas em revistas (1933). Impressionantemente em parte desta década ele fez três tentativas de suicídio (1930-1937) e esse assunto também foi levado por ele para muitas das suas histórias curtas, entre eles Doke no hana (1936) e Tokyo hyakkei (1941). Casou-se (1939) com Ishihara Michiko e começou um novo período na sua vida. Vários das suas histórias foram publicadas durante Segunda Guerra Mundial e ram reescritas de histórias de Ihara Saikaku (1642-1693).

Depois da guerra ficou amigo do escritor Masuji Ibuse (1898-1993), mas sua personalidade complicada o levou a suicidar-se em Tóquio, antes de terminar seu último romance. O tom dos seus trabalhos pós-guerras era escuro, mas a sua vida preocupada, seus pensamentos suicidas e espírito de rebeldia tocaram a geração da mocidade perdida. Mais conhecido pelo pseudônimo, a obra que o revelou definitivamente foi a coletânea de contos Bannen (1936). Entre outras publicações destacaram-se Tsugaru (1944), Otogizoshi (1945), Shaio (1947) e Ningen shikkaku (1948), espécie de diário íntimo do autor.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados