Colégio Web

Christian Albert Theodor Billroth


Cirurgião austríaco nascido em Bergen auf Rügen, Prússia, hoje Alemanha, pioneiro da moderna cirurgia abdominal, da laringe (1874) e da resecção do intestino (1881). De uma uma família de origem sueca, estudou nas universidades alemães de Greifswald, Göttingen e Berlim, onde recebeu o grau de medicina (1852). Foi assistente (1853-1860) no laboratório de Bernhard von Langenbech, até ser nomeado Professor de Clinica Cirúrgica em Zurique (1860). Em seguida voltou para Viena para se tornar Professor de Cirurgia na Universidade de Viena (1867). Foi professor de cirurgia em Zurique (1860-1867) e Viena (1867-1894).

Publicidade

Ele escreveu uma monografia sobre pólipos reconhecendo a relação entre pólipos de adenomatous e cânceres de colon retal (1855). Ele foi o primeiro cirurgião a extrair um câncer retal, repetindo dezenas de vezes tais operações. Ele é melhor conhecido pelos dois tipos de gastrectomia parcial, a primeira delas executada em uma mulher de 43 anos (1881) para extração de um câncer pilórico gástrico, retirando parte do estômago e aplicando aproximadamente 50 suturas de seda carbolisada, durante uma hora e meia.

O pós operatório constou das primeiras 24 horas só gelo através de boca, então enema de peptone com vinho e, no dia seguinte, uma colher de sopa de leite azedo por hora e, depois uma de meia em meia hora, acompanhada de uma pequena injeção de morfina diária para dormir a noite. A paciente não reclamou de dores na área operativa e não teve reação febril. Também foi considerado um excelente músico, inclusive sendo amigo íntimo de Johannes Brahms sendo ocasionalmente condutor como convidado da Orquestra Sinfônica de Zurique, e morreu em Abbazia, Austria-Hungria, hoje Opatija, Croácia.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados