Colégio Web

Benjamin David Goodman

Publicidade

Clarinetista e regente de orquestra estadunidense nascido em Chicago, que se tornou um dos maiores líderes de big bands de todos os tempos, sendo reconhecido como o Rei do Swing. Com sua origem musical nas raízes negras do jazz, depois de estudar clarinete na cidade natal, trabalhou com vários grupos e gravou seu primeiro disco de jazz (1926), com a banda de Ben Pollack. Foi para Nova York (1929) e organizou sua própria orquestra (1934), que durante vários anos foi uma das mais famosas dos Estados Unidos.

Vários instrumentistas de sua banda tornaram-se grandes figuras do jazz, como os legendários trompetista Harry James, pianista Teddy Wilson, guitarrista Charlie Christian, vibrafonista Lionel Hampton e baterista Gene Krupa. Vale observar que Teddy Wilson foi o primeiro músico negro a se apresentar com um grupo popular branco (1935). Divulgou o swing, um dos ritmos jazzísticos básicos popularizado por sua orquestra, caracterizado pela velocidade, improvisações múltiplas e sucessão de solos, música dançante orquestrada, própria para grandes platéias.

Apesar de não se pode dizer que ele foi o precursor do swing, pois antes dele houve Fletcher Henderson, pode-se afirmar que foi ao som de sua banda que toda a América aprendeu a dançá-lo. Após a II Guerra (1945) praticamente se limitou a tocar em grupos pequenos, além de ter atuado em orquestras clássicas como solista. Gravou a trilha sonora de seu filme autobiográfico, The Benny Goodman Story (1955). Viajou com sua orquestra para a União Soviética (1962), mas a partir de então suas apresentações entraram em declínio. Intérprete também de música erudita, fez grande sucesso com gravações de peças de Béla Bartók, Aaron Copland e Paul Hindemith, e morreu em Nova York.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados