Colégio Web

Bedrich Smetana

Publicidade

Compositor boêmio nascido em Litomysl, na Boêmia, hoje na República Tcheca, fundador da escola nacional de música tcheca. Orientado de início pelo pai, violinista amador, logo começou a ter aulas de piano e deu seu primeiro concerto aos seis anos de idade. Mais tarde, tornou-se professor e, encorajado por Liszt, abriu uma escola de piano em Praga (1848). Primeiro compositor de destaque da corrente nacionalista da Boêmia. Compôs para piano a maior parte de suas obras, que constituem importante contribuição ao repertório pianístico.

Sua primeira obra notável foi o sombrio trio para piano e cordas (1855), escrito após a morte do filho. No ano seguinte, compôs seu primeiro poema sinfônico e tornou-se regente (1856-1861) da sociedade filarmônica de Göteborg, Suécia. Assumiu, então (1866), a direção da orquestra da Ópera Nacional de Praga onde, no mesmo ano, compôs Prodaná nevesta, sua obra-prima, que viria a tornar-se a ópera nacional dos tchecos e, depois, Dalibor (1868). Sifilítico e surdo, deixou a direção da orquestra (1874) e dedicou-se apenas à composição. Ainda obteve sucesso internacional com o poema sinfônico Má vlast (1874-1879) e com o quarteto de cordas Z mého zivota (1876). Após crises de depressão e sintomas de desequilíbrio mental, foi internado em um asilo em Praga, onde morreu.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados