Colégio Web

Alexander Mikhailovich Prochorov

Publicidade

Físico russo nascido em Atherton, Queensland, Austrália, pesquisador dos princípios do laser e ganhador do Prêmio Nobel de Física (1964), juntamente com Charles Townes e Nikolai Besov, pelo trabalho fundamental no campo da eletrônica quântica, o que conduziu à construção de osciladores e amplificadores baseados no princípio maser-laser. Após a Revolução sua família retornou a União Soviética (1923).

Entrou (1934) para o departamento de física da universidade estatal de Leningrado, onde trabalhou com os professores V.A. Fock (mecânica quântica e teoria da relatividade), S. E. Frish (física geral e espectroscopia) e E. K. Gross (física molecular). Graduou-se (1939) e pós-graduou-se no Instituto de Física P.N. Lebedev, Moscou, sob orientação de N. D. Papaleksi. onde iniciou seus estudos sobre problemas de propagação de ondas de rádio. Casou-se ( I941) com a geógrafa G. A. Shelepina, e ambos tiveram um só filho. Lutou (1941-1944) na II Guerra, onde foi ferido duas vezes.

Demobilizado voltou como professor ao laboratório de oscilações do no Instituto de Física Lebedev, em Moscou, e passou a desenvolver os princípios do laser com Nikolai Basov. Passou a pesquisar oscilações não lineares sob orientação do Prof. S. M. Rytov, com quem defendeu uma tese (1946) com o nome em inglês de Theory of Stabilization of Frequency of a Tube Oscillator in the Theory of a Small Parameter.

No ano seguinte (1947), por sugestão do Prof. V. I. Veksler, passou a pesquisar radiações eletrônicas e o sincronismo de ondas e como resultado destas investigações defendeu sua tese de Ph.D. Coherent Radiation of Electrons in the Synchotron Accelerator (1951), quando já era assistente-chefe do laboratório (1950) e do qual se tornaria chefe (1954) e acelerou suas pesquisas em laser e espectroscopia. Professor da Universidade Estatal de Moscou e Vice-Presidente do URSI, morreu em Moscou, aos 86 anos.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados