Colégio Web

Albatenius

Publicidade

Cientista árabe nascido em Harran, a antiga Carrhae dos romanos, as margens do rio de Balikh, a 38 km sudeste de Urfa, Mesopotâmia, hoje na Turquia, o mais importante astrônomo e matemático árabe de seu tempo. Descendente de uma família de sabianos, uma seita religiosa de adoradores de estrela de Harran, portanto de forte motivação para o estudo de astronomia, de onde apareceram muitos e excelentes astrônomos e matemáticos.

Era filho de um fabricante de um habilidoso fabricante de instrumentos astronômicos, Jabir Sinan al-Harrani, de quem herdou e aprendeu estas habilidades. Fez as observações astronômicas notavelmente precisas em Antioch e ar-Raqqah, cidades da Síria, patrocinado pelo califado da dinastia de abássidas, especialmente Harun al-Rashid. Suas observações sobre astronomia em Ar Raqqah, Síria, estenderam-se por um período de mais de 40 anos.

Também deixou importantes contribuições para a matemática pura como, por exemplo, a introdução do uso de sinais em cálculos, computou tabelas de cotangentes e formulou certas proposições em trigonometria esférica. Seu principal trabalho foi publicado como De Motu Stellarum (1537), onde corrigia vários erros da astronomia de Ptolomeu de Alexandria, principalmente sobre o movimento das estrelas. Morreu em Qasr al-Jiss, Iraque.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados