Colégio Web

Aécio de Amida

Publicidade

Médico grego nascido em Amida, Mesopotâmia, próximo de Tigris, e estudou medicina em Alexandria, onde desenvolveu adiantados estudos sobre ginecologia e câncer de mama e escreveu uma histórica enciclopédia médica de 16 livros, essencialmente uma coleção de conhecimentos de medicina até então e não suas idéias como um médico.

Estudou medicina em Alexandria e se tornou o médico de tribunal em Bizâncio e um dos principais médicos oficiais da casa imperial. Superstição e jogo de misticismo eram em grande parte seus remédios, como recomendar a castração dos epilépticos. Em sua enciclopédia médica, Tetrabiblios, em 16 livros, não demonstrou sua competência como doutor, produzindo escritos que literalmente uma coleção de informações de autores anteriores como Rufus de Ephesus, Antyllus, Leonides, Soranus e Philumenus, e compilou de várias fontes, especialmente de Galeno.

Oito livros do original grego foram impressos em Veneza (1534) e uma tradução latina completa por Janus Cornarius (1500-1550) se apareceu a Basel (1542) e foi adquirida por Thomas Rymer Jones (1810-1880), o primeiro Professor de Anatomia Comparativa do King’s College London. Também estudou a menstruação afirmando que começava aos 14 anos e terminava aos 40 ou pouco mais tarde.

Nesse seu escritos estavam os melhores tratados antigas sobre doenças de ouvido, nariz, garganta e dentes e, mais exaustivamente, sobre doenças de olhos na literatura da antiguidade. Foi pioneiro em escritos sobre difteria e tratamentos de aneurismas por ligação de vasos. Provavelmente morreu em Bizâncio e depois dele, desafortunadamente, durante cerca de 1300 anos não se teve interesse significativo pelos problemas ginecológicos em geral.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados