Colégio Web

Adolfo Lutz

Publicidade

Médico e sanitarista brasileiro nascido no Rio de Janeiro, RJ, lembrado pelos trabalhos pioneiros sobre doenças epidêmicas e endêmicas que assolavam o Brasil, como a cólera, febre amarela, febre tifóide e malária, e por suas pesquisas sobre a lepra e a ancilostomíase, deixando diversos trabalhos sobre entomologia médica, protozoologia e micologia.

Fez os cursos secundários e superior em Berna, na Suíça, e formou-se em medicina (1880). Freqüentou também as universidades de Viena, Leipzig, Praga, Paris, Londres e Hamburgo. Entre as instituições que dirigiu figuram o hospital Khalili, no Havaí, Estados Unidos, e o Instituto Bacteriológico de São Paulo, primeiro no gênero na América do Sul, que em sua homenagem passou a chamar-se Instituto Adolfo Lutz.

A convite de Osvaldo Cruz, assumiu (1908) a direção de um setor do Instituto de Patologia Experimental de Manguinhos, depois chamado Fundação Instituto Osvaldo Cruz, a Fiocruz, e permaneceu nesse cargo até a morte, no Rio de Janeiro. Na Fiocruz empreendeu pesquisas sobre entomologia médica, helmintologia e zoologia aplicadas à medicina tropical. Para estudar a malária e outras doenças infecciosas, fez expedições às florestas serranas do estado de São Paulo, ao rio São Francisco e ao Nordeste.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados