Colégio Web

Abbe Antonio Beneditto

Beneditino italiano nascido em Brescia, professor de matemática em Pisa e Roma, tido para muitos como o pai da escola hidráulica italiana, em virtude de ter publicado Della misura delle acque correnti, o primeiro livro italiano sobre o assunto (1628). Adotou o nome de Benendetto após entrar para a ordem dos beneditinos (1595). Morou no monastério de Pásua (1604-1607) e foi um dos estudantes de Galileu.

Após receber uma cópia do Sidereus Nuncius, em Brescia (1610), ele foi morar em Florença (1611) e passou a pesquisar em hidráulica junto a Galileu e por indicação deste tornou-se professor em Pisa (1613). Defendeu a teoria coperniana e tornou-se consultor do Papa (1626) para assuntos fluviais dos Estados Pontifícios e professor de matemática da Universidade de Roma. Em Roma publicou o importante trabalho em hidráulica, Della Misura dell’Acque Correnti (1628) um livro considerado marca da fundação da hidrodinâmica moderna.

Publicidade

Também fez importantes descobertas em iluminação, assunto em que independentemente formulou a lei fotométrica, visão e formação de imagens e diafrágmas em telescópios. Também foi pioneiro em estudos sobre absorção diferenciais pelas diversas cores. Redefiniu o princípio da continuidade com a famosa lei de Catelli e morreu em Roma. (Ver mais em Filippo Arredi, Intorno al trattato ‘Della misura dell’acqua correnti’ di Benedetto CasteIll, Annali dei Lavori Pubblici, no. 2 (1933).

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados