Colégio Web

Autores menores

Publicidade

Autores menores.
BENTO TEIXEIRA

Veio cedo para o Brasil; formou-se no Colégio da Bahia, onde foi professor de primeiras letras.
Assassinou a mulher em 1594; fugindo à prisão, refugiou-se em Pernambuco, no convento dos beneditinos, em Olinda.

A redação de Prosopopéia aconteceu durante o isolamento no convento. Tudo indica que o motivo não era outro senão o de agradar os poderosos, principalmente Jorge de Albuquerque Coelho, donatário da Capitania de Pernambuco.

PROSOPOPÉIA

POEMA ÉPICO – Poemeto épico, em 94 estâncias (o mesmo que estrofe) de oitava-rima (as estrofes de oito versos têm os dois últimos rimando entre si), em versos decassílabos (dez sílabas métricas), conforme ensinava Camões, em Os Lusíadas.

O livro conta os feitos históricos de Jorge de Albuquerque Coelho, governador de Pernambuco, a quem o autor pretendia agradar.

A imitação de Os Lusíadas é freqüente, desde a estrutura até as construções sintáticas. Isto tirou da obra o valor literário que, porventura, pudesse ter, ficando a fama histórica de ser o livro inaugurador do Barroco brasileiro.

Considerado o primeiro poema épico de nossa literatura.

Considerado poema laudatório (que contém louvor).

Personagens de Prosopopéia:

a) Proteu (narrador). Na mitologia grega, “Proteu” é deus marinho, capaz de se transformar em animais, em água e em fogo.

b) Jorge de Albuquerque (herói).

MANUEL BOTELHO DE OLIVEIRA
Autor de Música do Parnaso (1705), primeira obra publicada por um autor brasileiro.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados