Colégio Web

Vantagens e Desvantagens da Queimada

Características como rapidez de pensamento, movimentos ágeis e boa mira fazem parte de qualquer emocionante partida de queimada. Confira mais detalhes!

Publicidade

Características como rapidez de pensamento, movimentos ágeis e boa mira fazem parte de qualquer emocionante partida de queimada. Essa ótima brincadeira de crianças – e adultos, claro – consiste em duas equipes grandes, que correm todo o tempo, desejando eliminar adversários por meio de arremesso de uma bola, ao mesmo tempo, os jogadores precisam fugir de ser alvejados.

Rara combinação de competitividade e estímulo de espírito coletivo – que é essencial para quem quiser vencer -, a queimada é uma ótima opção de lazer.

São necessários no mínimo 4 jogadores, mas, idealmente, cada equipe deve ter mais de 5 pessoas. Os dois times precisam ter o mesmo número de pessoas.

Queimada

Para jogar queimada, o único material exigido é uma bola, de tamanho médio. Atenção para que não seja muito dura, podendo machucar alguma pessoa, nem macia demais, senão não vai até uma longa distância. A melhor bola, para esse tipo de jogo é uma de densidade média, como as de vôlei.

O espaço é dividido ao meio, e, na linha de fundo de cada campo, fica o “cemitério”. Lá se localizam as pessoas, do time oposto, já ‘queimadas’.

O melhor tipo de ambiente para esse jogo é um local amplo e plano, como quadras, ou ruas sem muito movimento. O importante é que seja um espaço retangular, para facilitar a divisão em duas partes – uma linha precisará ser feita para marcar a divisão entre os campos das equipes – e, dentro de cada área, os jogadores poderão se locomover livremente.

No decorrer da partida, após os participantes estarem divididos em times iguais. Para decidir quem dará início à partida, pode-se tirar par ou ímpar.

A seguir, cada pessoa tentará “queimar” os adversários, ao acertar cada um ao arremessar a bola. O objetivo é que um dos times fique sem ninguém.

Um jogador recebe a bola e tem direito a um arremesso, desde que não ultrapasse a linha, e os oponentes tem direito a fugir para o mais longe que conseguirem desde que não saiam de seu território. Caso o arremessador não atinja ninguém, o jogador do time oposto pode pegá-la e arremessar contra o primeiro grupo. É importante ressaltar duas possibilidades: caso o jogador pegue a bola já no chão, para atirar, não pode sair do exato ponto em que conseguiu pegá-la; caso pegue-a ainda no ar, poderá se mexer para fazer o arremesso.

queimada jogo

Se um jogador for atingido e deixar a bola ir ao chão, está fora do jogo e deve se dirigir ao cemitério – ou prisão – sua participação no jogo, a partir de então, fica restrita a pegar a bola, caso atravesse a linha divisória do cemitério. Se com esse tiro conseguirem queimar alguém, poderão voltar ao jogo. Têm direito a apenas uma tentativa. Caso errem, estão fora do jogo, em definitivo.

Um jogador só é considerado queimado se a bola atingir qualquer ponto do corpo, exceto as mãos, pés ou cabeça – são os “pontos frios”. Caso um jogador seja atingido, mas pegue a bola antes que caia no chão, não é considerado queimado. Prisioneiros podem passar a bola entre si, mas não podem deixá-la cair no chão.

As desvantagens desse jogo são, por exemplo: impede as ações de pessoas com dificuldades motoras, que não conseguirão jogar direito; a possibilidade de uma bolada machucar, caso não vejam a pessoa ser atingida pela bolada, a pessoa precisará ser honesta para acusar, em voz alta, que foi eliminada,  entre outras.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados