Digite o que você quer buscar:  
Postado em 31/05/2012 17:52, atualizado em 10/08/2015 14:18

Locução Adjetiva

Aumentar fontes para melhor leitura Diminuir fontes para melhor leitura

1Os adjetivos correspondem à classe gramatical que caracteriza e qualifica o substantivo. Neste caso, a locução adjetiva corresponde à união de duas ou até mais palavras em uma única expressão com valores semânticos próprios. Comporta-se, desse maneira, como se fosse uma única palavra e que exerce termo único.

As locuções adjetivas são expressões com mais de uma palavra e que adquirem valor de adjetivo. Para entender um pouco melhor, observe os exemplos abaixo:
amor de mãe = amor materno
comportamento de criança = comportamento infantil
objetos de decoração = objetos decorativos
plano de governo = plano governamental

Grande parte das locuções adjetivas são formadas por uma preposição e um substantivo, conforme você já identificou acima.

Por outro lado, também podem ser formadas por advérbios e preposições juntos. Confira alguns exemplos:

cardápio de hoje = cardápio hodierno
pneus de trás = pneus traseiros

Também existe aquela locução adjetiva que corresponde a um adjetivo mais erudito:

de abelha = apícola
de abóbora = cucurbitáceo
de fábrica = fabril
de abutre = vulturino
de açúcar = sacarino
de águia = aquilino
de aluno = discente
de fera = beluíno, feroz, ferino
da chuva = pluvial
do lago = lacustre

Para que servem as locuções adjetivas?

Uma locução adjetiva tem a função de promover maior riqueza para os léxicos dos discursos. Elas fazem com que os textos fiquem mais dinâmicos, objetivos e até mesmo poéticos. Mas, claro, também se torna necessário saber usá-las.

Três questões importantes devem ser observadas:

A locução adjetiva não é formada por verbo, pois assim seria uma oração.

Não será regra que o significado da locução adjetiva vá corresponder ao mesmo significado do adjetivo ao qual ela faz referência. Exemplo: “Os pensamentos de Joana eram infantis.” Neste exemplo, o adjetivo infantis não aponta que são pensamentos da infância, mas sim de imaturidade.


Publicidade

Recomendados para você

Comentários

Publicidade