Digite o que você quer buscar:  
Postado em 31/05/2012 17:52, atualizado em 10/08/2015 13:28

Hiatos

Aumentar fontes para melhor leitura Diminuir fontes para melhor leitura

1Quando duas ou mais vogais de uma palavra estão juntas, denominamos esse fenômeno de encontro vocálico. Elas podem ser classificados de três diferentes maneiras: ditongo, tritongo e hiato.

O hiato acontece quando há duas vogais, juntas em uma mesma palavra mas em sílabas diferenciadas. Veja os exemplos abaixo:

SA-Ú-DE
PA-RA-Í-BA
SO-AR

É interessante observar que quando as vogais fazem parte da mesma sílaba, não ocorre um ditongo e sim a figura do hiato. Confira os exemplos: “sábia” e “sabiá”.

2Em “sá-bia” ocorre o encontro vocálico “ia”, tratando-se de um ditongo, já que as duas vogais estão sequenciadas na mesma sílaba. Já o vocábulo “sa-bi-á” possui encontro vocálico também no “iá”, mas trata-se de um hiato já que as vogais estão juntas mas são pertencentes a sílabas diferentes. Portanto, o hiato é a formação de duas vogais de sílabas diferentes, que atendem a seus respectivos núcleos. O ditongo pode, diferentemente, acontecer com vogal + semivogal ou semivogal + vogal. Já o tritongo, com semivogal + vogal + semivogal.

Observe a separação de “se-rei-a”: não ocorre tritongo em “eia”, pois as três vogais não são exclusivas de uma única sílaba. Neste caso, “ei” é um ditongo que decresce com vogal e semivogal. Em uma única sílaba. Já as duas vogais que compõem o “ia”, serão classificadas em hiato. Estão juntas, mas são de sílabas diferentes. É um tipo de hiato formado por semivogal e vogal, com ditongo decrescente. A regra prevalece.


Publicidade

Recomendados para você

Comentários

Publicidade