Colégio Web

A importância da água na história do homem

Publicidade

A água sempre foi utilizada pelos seres humanos como recurso, seja para o próprio consumo ou fonte de alimentos. O estabelecimento de um grupo de pessoas em um local era determinado em grande parte pela presença de água nas proximidades. È por isso que algumas cidades como, por exemplo, São Paulo, nasceram às margens dos rios que lhe forneciam água para beber e fazer a sua higiene, o peixe para fazer a alimentação, servindo também como meio de transporte de suas produções.

Há cerca de 250 anos atrás foram criadas máquinas, locomotivas e alguns barcos movidos a vapor de água. Era necessário ferver uma grande quantidade de água para que o vapor desse impulso às máquinas.

 

O avanço da tecnologia possibilitou a utilização da água, em grande quantidade, para a produção de energia elétrica nas usinas hidrelétricas, isso quando o homem percebeu que as quedas d’água possuíam energia potencial para movimentar as turbinas das usinas elétricas, surgiram as barragens para represar as águas dos rios e canalizar todo o fluxo de água, além de formar potentes quedas d’águas. E para a irrigação de grandes áreas agrícolas aprendeu-se a desviar os cursos de rios e foram construídos grandes açudes.


Irrigação


Usinas hidrelétricas

A poluição da água

A água é um dos recursos naturais mais utilizados pela humanidade.A água potável é aquela que na linguagem comum chamamos de água pura e que, para ser bebida por nós, deve ser clara, fresca e inodora. È água livre de materiais tóxicos e microorganismos (bactérias, protozoários) prejudiciais a nossa saúde.

A água potável é encontrada em pequena quantidade em nosso planeta, e não está disponível infinitamente. Por ser um recurso limitado, seu consumo deve ser planejado.

O planejamento da utilização dos recursos hídricos deve ser adequado às características do manancial e às diversas finalidades a que se destina a água. É importante que se garanta água em quantidade suficiente e qualidade recomendável aos diversos tipos de consumo.

A interferência humana pode provocar alterações sérias no delicado equilíbrio ambiental de nosso planeta. Daí a necessidade de conhecimento, de planejamento e de conscientização antes de serem executadas obras e outras atividades que posam interferir na natureza.

A água pode conter barro, areia, e outras impurezas que naturalmente estão presentes nela e não a torna imprópria para o consumo. O perigo está nas impurezas que a tornam imprópria para o consumo, isto é, que torna a água poluída, contaminada com produtos químicos tóxicos ou com microorganismos.

As fontes de poluição 

A falta de saneamento básico

No Brasil, cerca de 80% do esgoto é lançado em rios e no mar. É um dos maiores problemas do país: a falta de saneamento básico e de redes de tratamento de esgoto. Toda casa deveria ter uma rede de canos para levar a água suja para grandes centrais de tratamento.

Nessas centrais, o esgoto é tratado com produtos químicos que separam a água da sujeira. A água poderia ser então reaproveitada para indústrias, e não iria poluir o meio ambiente.  


As indústrias provocam poluição das águas

As grandes indústrias também poluem. Elas lançam nos rios os resíduos de sua produção. São produtos químicos muito tóxicos e malcheirosos, que destroem a vida dos rios. Os governos de vários países exigem que as indústrias limpem os dejetos antes de lançá-los em águas limpas, mas as fábricas nem sempre respeitam as leis.

O petróleo

O mais importante método de transporte de petróleo ocorre por reservatórios oceânicos e por oleodutos sobre a terra. Estes métodos de transporte podem poluir o ambiente através de acidentes, derramamentos grandiosos de petróleo por operações de descarga, como por exemplo, a limpeza dos tanques de estocagem, essa prática de enchimento de tanques com água do mar após a entrega da carga de petróleo ou de um produto refinado e a descarga do óleo no mar quando o navio viaja para pegar sua próxima carga.

Também pode ocorrer derramamento devido a falta de capacidade dos tanques, plataformas furadas no mar, de navios ou embarcações ou explosões de poços ou de oleodutos danificados na terra. Um derramamento em terra pode ocorrer de muitas formas, mas os maiores eventos envolvem geralmente ruptura de um oleoduto ou explosão do poço.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados